teste

Mensagem da célula 30/09/2018

ALINHAMENTO
Conselhos para uma vida plena!

Texto-base:
Salmo 90: 9-12 e João 4:31-36

O salmo escrito por Moisés mostra uma oração feita por um coração que anseia viver uma vida com sabedoria, diante da sua brevidade. O salmista, sabedor que sua vida passaria como a erva passa (versos 5-6), pede a Deus que lhe de sabedoria para vive-la intensamente. Não sabemos o motivo que o fez pedir, mas é fácil imaginar ao ver nossa geração, que gasta sua vida e não aproveita totalmente, ou tanto outros que não possuem mais sequer vontade de viver.
Numa simples percepção, olhando ao nosso redor e na Bíblia, podemos enxergar 03 níveis de vida:
1ª vida são daqueles que estão apenas sobrevivendo:
São pessoas que entraram no modo automático e deixaram de experimentar a muito tempo o sabor da vida. Vivem para trabalhar/estudar e comer/dormir. Pessoas que estão contando os dias para a chegada do fim do ano, do recesso, das férias. Pessoas que estão esgotadas, chegaram em seu limite. São pessoas que, se pudessem, sumiriam! Ou não tem sequer mais vontade de viver. Algumas pensando até que o suicídio seria o caminho diante de tantas derrotas, frustrações ou angustias.
2ª vida são daqueles que estão vivendo:
São pessoas que de vez em quando encontram prazer em alguma coisa. São pessoas que encontram prazer em alguma parte do ser trino que há em nós (corpo/alma/espírito). Mas ainda assim, são incompletas. Pois algumas trabalham no físico, mas só na parte estética e não na saúde, muitos que não se lembram mais de quando foi a ultima visita ao médico ou dentista sem necessidade, mas como prevenção.
Para viver uma vida natural e trazer sabor a existência, é necessário ainda cuidar do ser que habita em nós. Seja espiritualmente ou emocionalmente falando. Existem aqueles que tem relegado essas duas áreas importantes da vida. Pessoas refém dos sentimentos, pessoas que não desenvolvem esta área e acha que é besteira. Não procura desenvolver suas emoções ruins, traumas, ciúmes, inveja, são reféns dos sentimentos e perdem tempo, meses ou até anos de vida por coisas sem valor, brigas com pessoas que ama, mas que são totalmente desnecessárias. Desenvolvimento nesta área e utilizar os materiais fornecidos (livros/cursos) para que sejamos inteligentes emocionalmente pode ajudar a mudar a forma que vemos a vida.
Ainda, há aqueles que tem deixado de lado o ser espiritual. Tem se envolvido com trabalho, estudos, e não percebem que sem o espiritual e vida com Deus, serão sempre seres incompletos. “Existe no homem um vazio do tamanho de Deus” (Filósofo Fiodor Dostoiévski), que não pode ser preenchido com nada deste mundo.
3ª vida são daqueles que desfrutam uma vida plena:
Todavia, viver bem emocionalmente, caminhar com Deus em uma vida de oração, cuidar da sua saúde ou físico, não garante que você viva uma vida plena, abundante prometida por Jesus em Joao 10:10 (…eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância).
Jesus em João 4:31-36, logo após o episódio que conversa com a mulher Samaritana, e seus discípulos de comprarem comida, insistem com Jesus para se alimentar e Ele responde que sua comida é fazer a vontade daquele que o enviou e realizar sua obra.
É sabido que a comida, assim como o sexo e outras coisas, são as que mais trazem satisfação a carne/ser humano. Jesus ensina então aos seus discípulos que o seu prazer, sua fonte de satisfação não estava na comida ou alguma coisa em que o mundo poderia lhe dar, mas fazer a vontade de Seu Pai, servindo!
Ele se colocou como servo (entenda: não somos servos, somos filhos. Nos colocamos como servos!). Em Efésios 2:4-11(leia antes e passe apenas um resumo na hora na célula) fala que ele assumiu a forma de servo e veio ao mundo para servir.
Assim aprendemos que não viemos ao mundo para ser feliz, mas para servir, assim como Jesus fez. E a alegria que muitos procuram na vida social de riquezas, viagens ou relacionamentos, a encontramos quando servimos Ele, Sua igreja, e avançamos com seu Reino aqui na terra.
Podemos servir, a princípio, de 03 formas:
Discipulado (Mateus 28:19 – leia antes e passe apenas um resumo na hora na célula): ser discipulado, deixar ser cuidado e ensinado por alguém e se dedicar a ensinar ao menos uma pessoa, tratar como discipulo e vê-la crescendo na fé e conhecimento. É deixar o lazer e descanso de lado e investir em alguém. Dar seu tempo e seu melhor. Acreditar em alguém assim como Ele acreditou em você um dia e descobrir que existe um prazer inexplicável nisso.
Dons ministeriais (Efésios 4:7-13 – leia antes e passe apenas um resumo na hora na célula): Se encontrar no corpo e saber para que Deus me concedeu um dom. Dom foi dado aos homens, mas principalmente para ser usado em benefício da igreja. Fazer aquilo que foi chamado ajudará outros e a mim mesmo, trazendo sensação de realização.
Talentos (Mateus 25: 14-29 – leia antes e passe apenas um resumo na hora na célula): Saber que tenho uma profissão e posso usá-la em benefício do Reino. Usar aquilo que Deus me capacitou e forneceu gratuitamente para quem não pode pagar. Uma hora da minha profissão por semana para alguém, sem esperar nada em troca, mas como oportunidade de retribuir a Deus o que fez a mim, ainda que não seja um pagamento, mas uma forma de gratidão e, consequentemente, sentir realização por servir.
Facilitador:
Tenha um momento com a célula declarando vida e restauração de sonhos aos participantes e estimule os ouvintes que se quiserem fazer algo nestes três aspectos acima, procurar seu líder de célula e se ofereça a servir!
Jesus na verdade traz a luz o que está escrito em Isaías 55:1-2 e nos ensina, alinhando nossos pensamentos, que uma vida plena está disponível e é real! É possível viver uma vida abundante, mas necessário seguir Seus passos. Deus tem uma vida cheia de vida à sua espera, e ela está no servir! Seja a resposta de Deus para alguém!

Avisos:
Cultos quarta-feira na sede e as quinta-feira nas congregações, todos as 19h30m.
Aulas de batismo, maturidade nos prédios das congregações e liderança e pós-liderança na sede, pelo domingo de manhã as 8h30.
Seminário Mais Que Vencedores – dias 26 a 28 de outubro, na sede. Inscrições abertas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.