teste

Mensagem da célula dia 25/08/2019

TEMA: OS GIGANTES QUE DAVI NÃO CONSEGUIU VENCER

 

TEXTO BASE: II Samuel 12:1-14

 

INTRODUÇÃO

 

Fazer um resgate histórico da vida de Davi – detalhar que ele venceu muitos gigantes, ainda como pastor de ovelhas. Depois de rei, continuou desafiando e vencendo gigantes (não em estatura, mas em poderio militar), são muitos os relatos sobre os grandes feitos de Davi.  Os “gigantes” que foram mortos por Davi e seus guerreiros eram fortes e bem armados, porém visíveis, era possível vê-los a longa distância.   Os “gigantes” que estão matando muitos crentes, nem sempre podem ser identificados de imediato, costumam se apresentar sem “aparência”, disfarçados, e com cara de “ingenuidade”, mas que caminham velozmente em nossa direção para nos abater, e nos destruir!.  Nesta noite queremos destacar os gigantes que Davi não conseguiu enxergar e vencer. E as consequências maléficas trazidas si e para sua família.

 

DESENVOLVIMENTO – Os gigantes que Davi não conseguiu vencer

 

1º DECISÕES ERRADAS OU EQUIVOCADAS ou unilaterais

Davi deveria ter ido para a batalha (ll Sm 11-1) era o procedimento correto a ser feito, mas ele decidiu ficar, e tudo começou quando ele estava no lugar errado na hora errada e viu o que não deveria ter visto (Bate-seba tomando banho). Se o rei tivesse ido para a guerra nada daquilo teria acontecido.

Tomamos decisões todos os dias, e como líderes de nossas famílias não é diferente. A questão é: que tipo de decisão estamos tomando? Qual o critério que estamos utilizando (a dependência de DEUS?) estamos agindo com coerência cristã para estabelecer limites para os nossos filhos? Consultamos e ouvimos nossas esposas /ajudadoras nas tomadas de decisões?

 

 

 

2º A TENTAÇÃO

A tentação pode ser considerada como um teste difícil, uma provocação ou uma prova que se tem de transpor e sair vitorioso. No aspecto espiritual, é uma tentativa satânica a fim de levar o homem a cometer atos que desagradem a Deus, e em seguida aprisioná-lo nas malhas diabólicas.

Ao observar aquela linda mulher nua, tomando banho, uma voz diabólica foi “sussurrada” ao coração de Davi – Você é o rei e o rei pode tudo, inclusive possuir esta mulher. Esta é a hora de exercitarmos a fé e a palavra de Deus (resisti ao diabo e ele fugirá de voz). Não foi o que Davi fez e neste momento ele   deixa de ser um homem segundo o coração de Deus.

 

3º A COBIÇA SEGUIDA DE ADULTÉRIO

Isto é tão sério que O SENHOR DEUS deixou registrado nos dez  mandamentos (não adulteraras e não cobiçaras a mulher do teu próximo). A tentação não vencida nos leva ao estágio da cobiça (desejar, querer muito) e daí para a consumação ou o adultério é só uma questão de tempo, porque no seu coração ele já havia adulterado.

 

4º A MALÍCIA / DISSIMULAÇÃO

A Bíblia nos alerta que um abismo chama outro abismo e foi exatamente o que aconteceu com Davi. Depois de adulterar e engravidar uma mulher casada, era preciso “encobrir” o seu pecado, para isso ele maquinou de forma ardilosa e cruel a morte/ assassinato de URIAS, o marido traído e um dos mais fieis soldados do rei.

 

5º O ORGULHO E A ARROGÂNCIA

 O orgulho é considerado pecaminoso pela Bíblia, ou melhor, pelo próprio Deus. Traduz o conceito elevado ou exagerado de si próprio; o amor próprio em demasia que leva à soberba, isto é, um orgulho exagerado; também considerado como arrogância, insolência e brutalidade. Foi este sentimento que retardou a confissão e restauração de Davi. Foi preciso uma palavra dura do profeta para que Davi reconhecesse seu estado de miséria espiritual. O rei foi restaurado, mas as consequências dos seus pecados atormentaram Davi por aproximadamente 25 anos.

 

6º OMISSÃO PATERNA

Talvez alguns pais achem que não precisam ser advertidos quanto à forma de se criar filhos. Talvez até pensem, que pelo número de anos de experiência e de filhos não precisem de conselhos.  Um pai que falha na atenção que deveria dar aos filhos, cria indivíduos sem referências, limites e valores. Pode ser por causa do trabalho, pode ser por causa de divertimentos, os quais o pai “precisa ter”, que deixam os filhos esquecidos e sem a atenção paterna que necessitam. Ou por falta de consciência de que é o líder espiritual em casa.

 

Vejamos o exemplo de Davi:

O rei Davi foi  um pai que certamente não dispensou aos seus filhos a atenção que eles precisavam. Ele tinha várias esposas, e estava ocupado com elas, com as guerras, com expansão do seu reino, com suas construções.

 

As consequências:

  • O incesto e estupro de Amnon com sua meia irmã Tamar (mentira e dissimulação);
  • Amnon foi assassinado por outro filho de Davi, Absalão, dois anos mais tarde, como vingança;
  • Um pai que falha no seu papel dentro do lar pode criar inimigos. Absalão, o filho preferido, tornou-se um inimigo mortal de Davi, ao ponto que tentar matá-lo para ocupar seu trono;
  • Outro filho de Davi, Adonias, tentou roubar o trono antes da morte de seu pai. Ele foi um usurpador do trono. Davi precisou apressar sua substituição;
  • Salomão, preocupado com suas riquezas e glória, bem como com as suas esposas idólatras, não podia dar um bom exemplo para os seus filhos.
  • Roboão foi um dos filhos de Salomão (1 Reis 12), que o sucedeu em seu trono. Conta o relato bíblico que ele foi tão arrogante que acabou dividindo o reino de Israel para sempre.

 

RESUMO:

Davi teve um filho estuprador, uma filha estuprada, um filho assassino e que foi morto em batalha porque este queria matar seu pai. Um filho usurpador (Adonias) que tentou roubar-lhe o trono. Davi não conseguiu passar para Salomão os bons valores da paternidade, e Salomão cometeu erros semelhantes. Roboão, filho de Salomão e neto de Davi, foi um dos piores reis de ISRAEL.

 

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Os filhos são herança do Senhor e o tesouro mais precioso que nos temos. Somos ou devemos ser exemplos para nossos filhos e dedicar tempo para eles. Não podemos perder de vista os princípios de Deus (líder, sacerdote, autoridade). Nossa omissão pode acarretar em conseqüências graves na vida de nossa família. Davi pagou um preço alto. A Bíblia diz que a espada não se apartou da casa de Davi, isto durou aproximadamente 25 anos.           Fechar com o exemplo de Jó (sacrifícios preventivos por seus filhos)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.