teste

MENSAGEM DA CÉLULA IBN 11/03/2018

VOCÊ JÁ MORREU HOJE?
Texto Básico: Mateus 16:24e 25

Esse ensinamento de Jesus talvez seja o mais difícil, de se ouvir porque nos fala de renuncia. E a nossa natureza pecaminosa não gosta de renunciar. Nestes versículos vemos alguns princípios da vida cristã que precisam ser observados, e o primeiro deles é:

Negar a si mesmo: é o mesmo que renunciar a si mesmo. Morrer para o ego, para o eu. É no nosso ego que provêm nossos desejos, gostos, opinião pessoal, pensamentos, etc. Jesus não estava falando renunciar a casa, o trabalho, mas renunciar o eu: renunciar o ressentimento, o amor próprio exagerado, a autoconfiança, preconceitos, ciúme, o desejo de vingança, inveja, tudo aquilo que provêm da natureza pecaminosa. Morrer para o ego, para o nosso eu, é uma necessidade tão vital e urgente quanto morrer para o pecado.

Tome sobre si a sua cruz: Jesus diz: “…tome cada dia a sua cruz…(Lc 9:23)”.
Peque sobre si a sua cruz. Pegar a sua cruz não é uma analogia de atribuir algumas dificuldades da vida como a cruz. Isso não é carregar cruz. Não é essa cruz que o Senhor  Jesus se refere. Há coisas em nossa vida que precisamos renunciar. Carregar a sua cruz, Jesus se refere a uma vida de cruz. Cada um conhece o seu interior, aquilo que precisa renunciar dia após dia, por isso que cada um deve carregar a sua cruz. O método de Deus para tratar o ego, a carne, é a cruz. E como que morremos para o ego? Aplicando a cruz. E quais as situações aplicamos a cruz? Nos relacionamentos. E o primeiro local que desenvolvemos isso é no âmbito familiar. É dentro desse contexto que aprendemos a virtude do amor, da submissão, do perdão, do afeto, da renúncia. Depois prossegue para o âmbito escolar, na profissão, entre os irmãos da congregação, e assim sucessivamente.

Por que precisamos renunciar a nós mesmos e tomar a nossa cruz? No versículo 25 Jesus nos explica dizendo: “porque aquele que quiser salvar a sua vida perdê-la- á, e quem perder a sua vida por amor de mim acha-la- á.” Todo aquele que procura popularidade neste mundo, satisfazer a sua própria vontade e não a vontade de Deus acabará no engano e na perdição. Muito cristãos tem falhado porque pensam que já aceitou Jesus, é salvo, glória a Deus por isso, e pensa que pode levar a vida qualquer jeito. A nossa salvação deve ser exercitada. Deus já derramou a Sua Graça, mas nós
precisamos exercitá-la. Fp 2:12

Para sermos discípulos de Jesus precisamos: renunciar a nós mesmos; não permitir que o ego seja o dono; não agir mais segundo a própria vontade, as emoções e os pensamentos; permitir que o Espírito Santo nos governe sobre tudo aquilo que o ego engloba, de modo que possamos obedecer à vida de Deus nosso interior. Pois desde a Eternidade Deus já tinha o plano de salvação para o homem por meio do Seu Filho Jesus.
E essa salvação é tão grande que não se limita somente para sermos salvos da ira de Deus, do seu juízo que virá sobre a Terra, mas também nos liberta de uma vida guiada pelo Eu. Como está em Hb 2:3 “Como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação…”?

 

Por Juci

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.