teste

MENSAGEM DA CÉLULA IBN – 12/11/2017

A fé que agrada a Deus! Parte III

Abraão, contra toda esperança, em esperança creu, tornando-se assim pai de muitas nações, como foi dito a seu respeito: “Assim será a sua descendência”.

Sem se enfraquecer na fé, reconheceu que o seu corpo já estava sem vitalidade, pois já contava cerca de cem anos de idade, e que também o ventre de Sara já estava sem vitalidade.

Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus,

Romanos 4:18-20

Introdução

– a importância da fé: quando ajo sem fé estou em pecado; é impossível agradar a Deus sem fé; agrado a Deus quando creio que Ele é tudo o que preciso, e quando creio que Ele é abençoador daqueles que buscam;

A fé é um requisito indispensável para agradarmos a Deus, mas o fim dela deve ser para glorifica-LO.

Nós fomos feitos para glorificar a Deus.

Nós existimos para glorificar a Deus.

Assim, precisamos entender o que e como deveremos viver para à glória de Deus.

Discussão

– Por que fomos criados?

(r. Para a glória de Deus)

– Qual deveria ser o nosso propósito de vida nº 1?

(r. Glorificar a Deus)

– O que Glorifica a Deus?

(r. ??)

Objetivo

– Compreender que a nossa fé glorifica a Deus;

– Compreender que Deus nos criou para glorifica-LO;

– Compreender que precisamos viver nossa vida tendo como objetivo nº1 glorifica-LO;

– Compreender o que verdadeiramente agrada a Deus.

Desenvolvimento

1) Deus nos criou para glorifica-LO;

Direi ao norte ‘Entregue-os! ’ e ao sul ‘Não os retenha’. De longe tragam os meus filhos, e dos confins da terra as minhas filhas;

todo o que é chamado pelo meu nome, a quem criei para a minha glória, a quem formei e fiz”.

Isaías 43:6,7

Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

1 Corintíos 10.31

2) Ele quer ser reconhecido pela Sua bondade

Então disse Moisés: “Peço-te que me mostres a tua glória”. E Deus respondeu: “Diante de você farei passar toda a minha bondade, e diante de você proclamarei o meu nome: o Senhor. Terei misericórdia de quem eu quiser ter misericórdia, e terei compaixão de quem eu quiser ter compaixão”.

Êxodo 33:18,19

– Êxodo 10:1,2

A síntese e diferença entre o Velho testamento e o Novo testamento está na forma de como Deus quer se relacionar com Seu povo.

3) Uma vida que glorifica a Deus;

Mesmo assim não duvidou nem foi incrédulo em relação à promessa de Deus, mas foi fortalecido em sua fé e deu glória a Deus,

Romanos 4:18-20

Uma pessoa que glorifica a Deus é uma pessoa que crê e confia nEle. (que mostra que Deus é confiável)

Uma pessoa que glorifica a Deus é uma pessoa que externa a sua confiança na bondade de Deus. (que mostra que Deus é bom e quer o nosso bem)

Uma pessoa que glorifica a Deus é uma pessoa que se deleita em Sua presença e tem prazer na intimidade e caminhada com Deus.

Quando não glorificamos a Deus Quando glorificamos a Deus
Quando vivemos amedrontados   Quando externamos a Sua bondade
Quando vivemos insatisfeitos  Quando vivemos satisfeitos em Deus
Quando vivemos desejando prazeres no mundo Quando vivemos desejando estar com Ele
Quando cumprimos regras   Quando estamos com Ele por amor

 

 

Aplicação

DEUS espera que vivamos uma vida de satisfação nEle, glorificando-o com nossa vida, demonstrando ao mundo nossa satisfação e deleite em pertencer e estar com Ele.

 

Por Pr. Alexandre Amaral Magalhães 

Igreja Batista Nacional em células 

Tangará da Serra-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *