teste

Mensagem da célula IBN 17/11/2019

Marcos 14: Emoção e razão no seu devido lugar!
Texto-base: Mc 14:27-47
Introdução:
Conforme mencionado em outras oportunidades, me propus a pregar sobre o Evangelho segundo Marcos neste ano e chegamos hoje ao capítulo 14. Diferente dos outros 03 livros, Marcos registra o livro de Jesus de forma mais prática, através de milagres e libertação e pouco ensino, pulando quase que de um fato a outro, mas com o benefício de ser o mais cronológico dos 04.
A passagem narra o aviso de Jesus aos seus discípulos do que estava prestes a acontecer, seguido da declaração racional de Pedro que morreria por Jesus, após demonstra a aflição emocional de Jesus e sua oração no Getsêmani e finaliza com Pedro emotivo cortando a orelha do servo do sumo sacerdote para tentar salvar Jesus (Facilitador, leia a passagem por inteiro para quem esta na célula conhecer a história. Dica: dê 01 ou 02 versos para cada pessoa, assim há interação de todos)
Desenvolvimento:
Por muitas vezes temos visto no meio cristão pessoas perdendo grandes oportunidades, pessoas não desenvolvendo sua vida porque estão presos a sua razão e emoção. Ser racional é o que Deus quer quando apresentamos um culto a Ele (Romanos 12:2) e as emoções foram dadas por Ele para, entre outras coisas, dar mais sabor a vida. Mas não usá-las corretamente pode causar um grande dano a mim e a você.
01) Pedro racional (27 ao 31)
Não muitas vezes nos deparamos com pessoas que tem tomado atitudes cheias de razão, convictas que estão certas no seu posicionamento que, a princípio, não tem nenhuma emoção envolvida, mas após tomar tal decisão ou falar tal coisa, percebem que sua razão tinha os enganado assim como Pedro respondendo Jesus. Vivemos hoje num mundo de pessoas que estão sempre certas, não aceitam a possibilidade de estarem equivocadas, ter compreendido a situação de forma errada.
Casamentos têm acabado ou estado às traças porque marido e mulher lutam para mostrar que estão certos, fazem do casamento uma disputa e não entenderam a união é para somar forças e não dividi-las. Amizades tem sido desfeitas, oportunidades de emprego tem sido perdidas ou o desemprego tem chegado pois você sempre quer do seu jeito, você é o certo! Pedro achou que estava certo, que morreria por Jesus, mas logo adiante ele nega Jesus não uma mas três vezes. Que sejamos humildes e aceitar: nem sempre e estou certo e não há nenhum problema nisso!
Aproveitando o contexto: Escolha bem com quem você compartilha seu coração (32 e 33) Jesus levou os discípulos ao monte, mas chamou apenas Pedro, Tiago e João. Somente a estes falou o quanto estava angustiado. Muitas coisas Jesus disse a multidão. Algumas coisas Jesus disse aos discípulos, mas somente aos íntimos Jesus abriu seu coração. Aprenda a classificar o nível de pessoas que cercam sua vida. Tem pessoas que só são curiosas e não te ajudarão em nada. Outras que colocarão mais fardo sobre você. Amizade que aconselha vida está cada vez mais raro, valorize, pois estão em extinção.
02) Jesus homem (34)
Nesta passagem ainda vemos algo muito interessante a respeito de Cristo. Um homem que estava passando por grande agonia em seu espírito. Jesus não teve vergonha de dizer que estava mal internamente. Certamente não era por ter que morrer em seu e meu lugar, pois desde o princípio Jesus já sabia do seu propósito. Jesus declarou a angustia que estava passando por ter  2/2 que por alguns momentos na cruz, vestindo-se do nosso pecado, se ver afastado do Pai que sempre esteve antes mesmo da criação de todas as coisas.
Assim como Jesus, terá momentos que você irá enfrentar adversidades em sua vida, e isso é normal. Não queira ser um super homem ou super mulher. Não falar, não buscar ajuda, alguém que ore por você pode transformar esse amargo espiritual em doença carnal (no corpo).
Jesus desaguou as suas angústias no local correto, em Deus, antes de tomar a atitude que deveria tomar, ir para a Cruz. Logo, além de aprender que tenho que compartilhar com as pessoas corretas, tem coisas que serão somente minhas, eu e Deus. Conte pra ele, ele suporta, seja lá o que for, ele suporta e poderá te ajudar a enfrentar toda situação.
Aproveitando o contexto: não tome suas decisões baseadas em suas emoções Muitas vezes temos tomados atitudes em nossa vida baseado em sentir paz em nosso coração. Mas será mesmo que é isso que a Bíblia me ensina? Como tomar decisões sábias? Em Colossenses 3:15 por muitas vezes temos usado a paz como arbitro. Usamos chavões gospel: se é de Deus traz paz. Essa passagem com Jesus é um exemplo prático que isso não é verdade. Que muitas vezes tomaremos decisões em nossas vidas que antes de orar e decidir de fato, não teremos tranquilidade. Como tomar decisões sábias: na multidão de conselhos há sabedoria…..lampada para os meus pés é a tua palavra. Colossenses 3:15 fala da paz que tem que reinar entre os irmãos.
Nunca tome uma decisão baseado no que seu coração diz. Não é bíblico isso. Não caia mais nessa.
03) Emoções descontroladas podem me retirar do propósito de Deus (37 e 47)
Logo após, Judas chega com os guardas que o prenderiam, Pedro teve uma atitude ousada, mas impensada e inconsequente. Pedro diante da situação, saca a espada e tenta acertar o servo do sumo sacerdote, e consegue arrancar sua orelha. No outro evangelho conta que Jesus repreende a Pedro dizendo que se ele quisesse e pedisse, Deus mandaria 12 legiões de anjos (72.000 mil anjos!).
Jesus já tinha advertido Pedro, se ele tivesse ouvido. No meio de uma das orações, Jesus o acordou e disse orai e vigiai. Jesus não estava querendo que Pedro o defendesse, mas entendesse e não deixasse que suas emoções diante da sua prisão o motivasse a fazer aquilo. Se tivesse vigiado (apercebido do que estava acontecendo) e orado (entrado em conexão com Deus), não teria usado da espada e não teria medo de negar a Jesus. Pedro queria salvar Jesus, mas não tinha entendido que Jesus que tinha que morrer para salvar Pedro.
Orar e vigiar não é em relação a salvação, mas em relação as atitudes que podem nos afastar do propósito de Deus para nossas vidas. Pensar antes de reagir, ser prudente no que responder, podem te livrar de perder tempo na caminhada cristã e de não perder pessoas ou oportunidades.
Conclusão:
Dê um basta ao domínio da sua vida baseado na razão e emoção. Aprenda que a razão e emoção podem te enganar e te levar a perder tempo na vida. Você é o que a Bíblia diz que você.
Você faz o que a Bíblia diz que você faz. Seu intelecto e suas emoções jogando o jogo da vida a seu favor, fazendo você desfrutar de uma vida abundante, uma vida que vale a pena a ser vivida. Peça ajuda ao Espírito Santo e ele te ajudar a guardar sua mente e coração, direcionado ao caminho correto e não sendo refém de maus que acontecem e/ou fazem com você.

Por Adriano Amaral 

Avisos:
– Aulas nos 03 prédios de domingo de maturidade, liderança e pós liderança!
– Encontro com Deus dias 29/30 de novembro e 1º de dezembro, agite sua célula e leves pessoas para
estar participando. Um convite seu pode mudar não somente uma vida mas uma geração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.