teste

Prefeita entrega cidade a Jesus Cristo

A prefeita de Sapezal, a 300 km de Pontes e Lacerda, assinou um decreto inusitado, tendo causado espanto e estranheza em grande parte da população daquele município.

Ilma Grisoste Barbosa, no final do mandato, decretou que as chaves do município foram entregues a Deus e que “todos os setores da prefeitura estarão sobre a cobertura do Altíssimo”.

Entre outras decisões que alcançam o campo espiritual, a prefeita considerou “cancelados, em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidade espiritual,de forma irrevogável “

O decreto foi emitido na última segunda-feira (19/12) e, como qualquer outro dispositivo legal, deve valer após a publicação.

.

17 respostas para “Prefeita entrega cidade a Jesus Cristo”

  1. Luciano Nascimento da Silva disse:

    BRAVO. Sem Deus não somos nada!

  2. sebastiao disse:

    que bacana gostei da atitude o povo vive sem Deus agora mesmo no natal havera ceias em boa parte das casas mas poucos falarao em jesus.

  3. Julio Cesar disse:

    Não basta ser crente! Tem que ser Demente!

  4. É tão fdp que ela espera o final do mandato para fazer essa idiotice… Mais uma lei que o STF terá que revogar porque essa gente retardada não sabe o que significa estado laico…

  5. estado laico já era, valeu galera

  6. Mario disse:

    É muita idiotice. Esses crentes não tem mais o q inventar..

  7. A crentelhada pira, mas se esquece que isso não pode acontecer visto que o estado é laico. Ela que pratique a religião dela em casa.

  8. Wender Fábio disse:

    Um dia verão os idiotas estarem onde de direito! Entregar chave da cidade pro rei MOMO pode???? Mas não tem problema, porque nós crentes somos os idiotas!
    Parabéns prefeita!!!

  9. Vinicius disse:

    Liga não, a gente os crentes estamos subindo. vai ficar tudo para vocês.

  10. Carlos Avezzu disse:

    algum seres humanos se comportam como se ainda vivessem na época das cavernas.

  11. Zé biteco disse:

    Tudo é obra de Deus, logo tudo é dele, esta subentendido. Não é preciso a irmã dá o que já é dele.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: